DISPONÍVEL EM 68 LÍNGUAS / SELECIONE SEU IDIOMA


AVAILABLE IN 68 LANGUAGES / SELECT YOUR LANGUAGE

Manchetes
Capa » BIBLIOTECA (Textos do Autor) » Crônicas » ELEGIA PARA ALEXANDRE RODRIGUES, UM AMIGO QUE SE FOI

ELEGIA PARA ALEXANDRE RODRIGUES, UM AMIGO QUE SE FOI

Viver, refletir e compreender o presente é onde mais longe quero chegar. Vivo plenamente a literatura, mesmo tendo o cinema, a pesquisa e a política como outros universos de grande interesse. Este blog é um espaço para reflexão e compreensão dos temas cotidianos que moldam o presente, pois entendo que o presente é o meu tempo de expressão, o tempo único que tenho para não me omitir (Ruy Câmara) 

—————-

Elegiar um amigo que se foi é um ato contristador. É como ler uma endecha pelo fim, um fim não menos triste do que a compreensão falibilista que nos fere e evola-se para além do que inexiste aos olhos das ciências e da moral.

Hoje é um dia muito triste, sem perguntas nem respostas que justifiquem o ocorrido com o nosso querido Alexandre Rodrigues, que vinha penando e lutando bravamente contra esse estranho mistério da finitude que vive a nos contrariar.

Alexandre foi e será sempre lembrado como um amigo muito querido, um advogado dos mais responsáveis, éticos e decentes que conheci, e também um leitor voraz e privilegiado, com quem compartilhei idéias e saberes que me servem até hoje.

Tive a honra de tê-lo na lista dos primeiros homens cultos que leram e comentaram o meu romance de estréia na literatura. Hoje ele nos deixa e o que posso dizer-lhe diante do silêncio hostil imposto pelos desígnios: “Quanta vez, junto a um jazigo, alguém murmura de leve: Adeus, para sempre, amigo. E o morto diz: até breve!”

Pois bem: vai meu amigo, com os sentidos fixados nesse panorama real que a nossa imaginação não consegue alcançar, e até a hora mística do nosso reencontro que, se houver, será um momento singular e fraterno,  longe das impurezas e das dores deste mundo conturbado onde a vida é tão fugaz quanto as nossas mundanas e passageiras conquistas. Adeus!”!”!

Ruy Câmara

Postado no Blog do Escritor às 17h08 – quinta-feira, 22 de julho de 2010

Sobre Ruy Câmara

Check tambem

DEPORTAÇÕES DE GRUPOS ÉTNICOS NA URSS

Com que objetivo Stálin deportou Grupos Étnicos para os campos de trabalhos forçados da URSS? ...

Deixe uma resposta