DISPONÍVEL EM 68 LÍNGUAS / SELECIONE SEU IDIOMA


AVAILABLE IN 68 LANGUAGES / SELECT YOUR LANGUAGE

Manchetes
Capa » BIBLIOTECA (Textos do Autor) (page 5)

BIBLIOTECA (Textos do Autor)

LAUTRÉAMONT PASSADO A LIMPO

O escritor Ruy Câmara é sabatinado por:  José Alcides Pinto – Poeta, José Telles – Poeta, Jô de Carvalho – Jornalista (Paris), Cecília Costa – Jornalista (O Globo)    JAP: Sabemos de suas preferências pelos poetas e escritores malditos: Baudelaire, Rimbaud, Nerval, Edgar Poe, Kafka, Cruz e Souza, Augusto dos Anjos e outros. Seu encontro com Lautréamont partiu desses demônios iluminados? Ruy: É ...

Leia Mais »

O POETA FABRÍCIO CARPINEJAR ENTREVISTA RUY CÂMARA

“JORNAL O RASCUNHO” Escolheu como romance a trajetória de um dos poetas mais lacunares da história, com percurso cheio de lapsos e pontos de interrogação até mesmo para os historiadores e críticos literários. Quase toda a biografia de Isidore Ducasse ferve no escuro? Ruy: Quem saberá? Ducasse nunca foi e nunca será um personagem de fácil alcance. Se fosse, as ...

Leia Mais »

Pedro Bial entrevista Ruy Câmara

GLOBO NEWS – PROGRAMA ESPAÇO ABERTO Pedro Bial entrevista o escritor Ruy Câmara. Rio de Janeiro 13 de maio de 2003.                      Abertura No Espaço Aberto a revelação de um romancista estreante, Ruy Câmara, que constrói em sua estréia uma fantástica Biografia ficcional do Conde De Lautréamont, um dos casos mais misteriosos ...

Leia Mais »

Maria Savu, poetisa romena, pergunta: quem é Ruy Câmara?

Ao ver nas estantes das livrarias “Os Cantos de Outono”, com certeza o leitor romeno vai querer saber quem é o seu autor. Portanto, quem é você, Ruy Câmara? Sou um romancista apaixonado pela senhora Poesia e admirador de um punhado de autores universais que me inspiram a trilhar por um dos mais difíceis caminhos que alguém pode escolher para ...

Leia Mais »

20 NAVIOS – OBRA DE RUY GUERRA

“20 Navios” do escritor Ruy Guerra, é um livro surpreendente, a começar pelo prefácio do Chico Buarque. O Chico norteia os leitores, quando o diz que Ruy Guerra é Alguém em Trânsito. Bela definição, exata definição para quem se deixa fluir por inteiro nas linhas de “20 Navios”, e se mantém intacto, numa proporção tão exata que chega a ultrapassar ...

Leia Mais »

A ENGENHOSA LETÍCIA DO PONTAL, obra de CARLOS NEJAR

Especial para O Globo, por Ruy Câmara Letícia do Pontal, cavaleira andante que despertou a palavra e o terror! A engenhosa Letícia do Pontal, de Carlos Nejar. Editora Objetiva, 308 páginas.  Homero narrou as batalhas dos gregos e troianos; Tito Lívio dos romanos; Joanot Martorell narrou as aventuras de Tirant lo Blanc, no tempo em que no céu só havia ...

Leia Mais »

UM PARDAL NA JANELA, obra de ALBERTO COSTA E SILVA

O poeta, romancista, ensaísta, historiador e diplomata Albertoda Costa e Silva (1931), paulista de origem nordestina, considerado o maior africanólogo do país, recebeu os primeiros impulsos poéticos nos saraus do ventre materno. Herdeiro e órfão de um dos mais respeitados vates da literatura brasileira, ele tem no vulto do pai, Da Costa e Silva (1885-1950), um referente essencial e perene ...

Leia Mais »

OS MORTOS NÃO QUEREM VOLTA, obra de AÍRTON MARANHÃO

O poeta e romancista Airton Maranhão, como amiúde já era esperado, inventou uma história que revela a vocação póstuma e maniqueísta da humanidade. A ação começa com a chegada do Padre Vitorino ao povoado de Sete Pedras, um lugar esquecido no mundo, que tanto pode ser um povoado miserável do Nordeste, como um cenário lautreamoniano. Serpente, que é odiado por ...

Leia Mais »

IMPULSOS, obra da Sociedade Brasileira de Médicos e Escritores

Muito desabonaria este livro se omitisse do leitor que a inteligência literária dominante transformou o que se convenciona chamar de prefácio (texto que o autor faz fácil antes de começar a escrever sua obra) em espaço para reflexão pós. Portanto, no rigor do termo, não escrevo propriamente um prefácio, mas um posfácio,  já que a obra está plenamente consolidada e ...

Leia Mais »